“E, de repente, a vida te vira do avesso, e você descobre que o avesso é o Seu lado certo.”

Padrão

Você é criança. Brinca na rua com seus amigos tranquilamente. O máximo de preocupação que tem é fazer os deveres da escola. Não planeja nada porque sua vida se resume ao momento vivido. Nada alem disso. Daí você entra na adolescência e não quer mais brincar. Já começa a se interessar pelos meninos/meninas. Já quer namorar e na maioria das vezes sonha em sair de casa com 18 anos e ter seu canto – o que raramente se concretiza.

Quando você chega aos 20 já percebeu que sair de casa aos 18 não seria tão fácil. Daí sim começa a planejar sua vida. Já tem contas pra pagar, começa a ser responsável por se vestir. Se ainda acalentar o sonho de morar sozinho terá que poupar, abrir mão de certas coisas e encarar às vezes uma vida bem austera.  Simultaneamente pode vir junto o desejo de se casar. Daí da-lhe mais planejamento.

O que quero dizer é que, muitas vezes, temos nossa vida planejadinha, certinha com tudo anotadinho em uma folha de papel cujo roteiro tentamos seguir a risca. Renunciamos a um monte de outros desejos pra fazer este plano dar certo e ele até dá por um tempo. Mapeamos o caminho de forma cuidadosa evitando os “perigos”.

Acontece que em dado momento sua vida toma outro rumo. Traçou tudo tão bem evitando se perder no caminho, mas sem querer você chega a uma encruzilhada que não estava no mapa. E daí você tem que parar. Olha pra ela e não sabe mais pra onde ir. Você olha pra trás e, por medo quer voltar, mas não tem mais volta e você é obrigado a seguir adiante e escolher pra qual dos lados seguir.

Esse pequeno detalhe, que não estava no mapa, te leva a um caminho que você jamais imaginou existir e você descobre que era exatamente este que você, inconscientemente, sempre quis seguir. Se sente plena, completa e o medo vai embora… Claro que nem tudo são flores e certamente você terá que arcar com sua escolha, pois nada nessa vida é de graça! Nada!

Mas acredito que não existe felicidade maior que o sentimento de adequação. De ser você mesma. Sem máscaras. Estar na sua própria pele. E no lugar ao qual você pertence e que muitas vezes chega até nós sem que nada façamos para isso. Sem planejar!

Minha vida tem sido assim: Uma surpresa atrás da outra. Uma verdade seguida de outra e a confirmação diária do que eu sou e sinto.

E sinto que eu sou do lado avesso.

 

Anúncios

Compartilhe seu pensamento comigo.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s